Itajaí quer dobrar número de leitos de UTI do Hospital Marieta


O aumento de leitos de UTI também recebeu o apoio dos demais prefeitos da AMFRI, após uma reunião no sábado.

.

A prefeitura de Itajaí quer dobrar o número de leitos do hospital Marieta Konder Bornhausen de 30 para 60.

Deste total, 39 seriam reservados exclusivamente para o tratamento de pacientes com coronavírus. Os outros 21 leitos ficariam disponíveis para os demais pacientes.

Além da ampliação da capacidade do hospital para receber pacientes graves da doença, o município está se articulando para buscar outras estruturas de atendimento.

O aumento de leitos de UTI também recebeu o apoio dos demais prefeitos da AMFRI, após uma reunião no sábado.

A ampliação de novos leitos na UTI no Marieta tem custo estimado em R$ 1,4 milhão por mês. Além disso, será necessário investir cerca de R$ 4,6 milhões em equipamentos, como ventiladores, monitores, camas hospitalares, cardioversores, entre outros aparelhos, para equipar os leitos.

O Marieta já possui espaço físico para o aumento. A medida vem sendo articulada desde a semana passada pelo prefeito Volnei Morastoni e a direção da instituição, juntamente com a secretaria de Estado da Saúde.

 

Prefeito e governador se reúnem segunda-feira

Nesta segunda-feira o prefeito Volnei Morastoni vai se reunir com o governador Carlos Moisés para alinhar o investimento em saúde e a reestruturação necessária do hospital.

O município ainda vai aproveitar o momento para solicitar apoio às demais medidas que estão sendo desenvolvidas para o atendimento de pacientes na região.

709 Visualizações

Comentários