Paciente confirmado com coronavírus em Itajaí veio pra cidade através de ônibus compartilhado


Ele é morador de São Paulo, mas chegou à cidade no dia 12 de março. O rapaz já voltou pra São Paulo mas circulou pela cidade durante quatro dias.

.

O rapaz de 26 anos que foi diagnosticado com coronavírus pelo serviço de saúde de Itajaí chegou à cidade através de uma viagem em ônibus de aplicativo.

Ele é morador de São Paulo, mas chegou à cidade no dia 12 de março.

O rapaz já voltou pra São Paulo mas circulou pela cidade durante quatro dias. Este foi o primeiro caso confirmado de coronavírus na cidade. O rapaz demorou quatro dias até sentir os sintomas da doença e procurar o serviço de saúde.

No dia 16 de fevereiro, ele deu entrada no PA do hospital Marieta Konder Bornhausen, onde foi coletado material para exames.

Na terça-feira, dia 17 de março, ele retornou para a São Paulo, onde está em isolamento domiciliar e é acompanhado pela Vigilância Epidemiológica. Nesta sexta-feira, saiu a confirmação.

Circulam informações nas redes sociais que o caso confirmado seria o do corretor de imóveis Giovani, 54 anos. Ele está internado no hospital Marieta com suspeitas da doenças, mas a vigilância ainda aguarda o resultado do exame.

O hospital Marieta espera o resultado de 10 exames de pacientes que coletaram o material na unidade. Outros sete suspeitos que coletaram os dados já tiveram o resultado negativado.

Quatro pessoas que aguardam o resultado de exames estão internadas na unidade. Duas em isolamento na UTI e duas em isolamento fora da unidade intensiva. Não há mortes por coronavírus registradas em Santa Catarina.

No município, 41 pessoas aguardam o resultado de exames feitos. Outras 266 pessoas são monitoradas em casa – assintomáticas ou sintomáticas. Ônibus compartilhado

O UBus e o Busersão plataformas de mobilidade que fazem o serviço compartilhado de ônibus.

Os aplicativos oferecem passagens pra viagens urbanas, intermunicipais e interestaduais por preços geralmente mais baixos do que os oferecidos pelas empresas de viação tradicionais.

Os descontos chegam em até 60% do valor normal de uma passagem por conta do fretamento colaborativo.

87 Visualizações

Comentários